13 imagens históricas e raras que valem ser vistas

Mulher mostrando a bunda para o juiz

Textos históricos nos ensinam muito, mas por vezes é difícil entender o que aqueles personagens da vida real significaram ou sentiram para além dos livros.

Uma série de imagens inusitadas registradas ao longo da história dá abertura para maior compreensão sobre os eventos que se passaram. Você já imaginou, por exemplo, como se sentiram os prisioneiros judeus sendo libertos dos campos de concentração? Como foi primeira estudante negra em uma escola para brancos nos EUA?  Como foi a contrução da Estátua da Liberdade? Qual a primeira mulher a conseguir terminar uma corrida entre homens? Veja estas imagens e outras muito interessantes nas fotos abaixo.

Prisioneiros judeus sendo libertados em 1945
 (Foto: )
Dorothy Counts, a primeira negra a estudar em uma escola para brancos, nos Estados Unidos, em 1957
 (Foto: )
Um homem se recusando a fazer a saudação nazista, em 1936
 (Foto: )
Nikola Tesla no laboratório com seu transmissor
 (Foto: )
Menino austríaco ganhando sapatos novos no fim da Segunda Guerra Mundial
 (Foto: )
Organizadores da Maratona de Boston tentam impedir Kathrine Switzer de participar da competição. Ela se tornou a primeira mulher a terminar a corrida, em 1967
 (Foto: )
Uma dançarina mostra ao juiz que sua calcinha não era pequena o suficiente para ter sido presa por exposição na Flórida, nos Estados Unidos
 (Foto: )
Bastidores da construção da Estátua da Liberdade, em Paris, em 1884
 (Foto: )
Soldados nazistas assistindo a vídeos dos campos de concentração, em 1945
 (Foto: )
O primeiro dia após a decisão da Suécia de mudar o lado de direção da esquerda para direita, em 1967
 (Foto: )
Acrobatas se equilibram no topo do prédio Empire State, em Nova York, em 1934
 (Foto: )
Harold Whittles ouve um som pela primeira vez, em 1974
 (Foto: )
Os restantes do cosmonauta soviético Vladimir Komarov, que morreu em queda do espaço em 1967
 (Foto: Reprodução)

Que tal conhecer um pouco sobre Hipnose e Hipnoterapia agora? É só clicar aqui!

Gosta de neurociências? Siga o prof. Sergio Enrique no Facebook clicando aqui.

Clique aqui para assistir a um vídeo onde o prof. Sergio Enrique tira dúvidas sobre Hipnose e Hipnoterapia.

Fonte: http://revistagalileu.globo.com/Sociedade/noticia/2016/08/13-imagens-historicas-nunca-vistas-antes.html?utm_source=facebook&utm_medium=social&utm_campaign=post

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

Sobre o Autor

Sergio Enrique mostrando cérebro na hipnose

Prof. Sergio Enrique Faria

Sergio Enrique Faria é diretor do Estúdio da Mente. Psicanalista, Parapsicólogo, Hipnoterapeuta, Coach, Trainer e Master Practitioner Internacional em PNL – Programação Neurolinguística.
Doutorando em Ciências da Educação, Mestre em Comunicação, Pós-graduado em Neurociência Clínica e Educacional. Pós-graduado em Neuropsicologia, Pós-graduado em Neuropsicopedagogia, Pós-graduado em Psicanálise Clínica, Pós-graduado em Didática e Metodologia do Ensino Superior, Pós-graduado em Comércio Exterior e Bacharel em Administração de Empresas, Líder de Aprendizagem certificado pela Harvard University (EUA).
Palestrante, treinador e Professor universitário em cursos de pós-graduação e MBA. Autor e coautor dos livros: “Vendas e Negociação com PNL – como entrar nas mentes de seus clientes”. “Manual completo de PNL – Estratégias de grandes especialistas da Programação Neurolinguística para alcançar a excelência” e “Educação 2008 – As mais importantes tendências na visão dos mais importantes educadores”. 

Siga-me!

Posts Relacionados

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Posts Recentes

error: Este conteúdo está protegido por direitos autorais | A cópia ou reprodução deste texto ou parte dele sem a autorização do autor configura CRIME DE VIOLAÇÃO dos Direitos Autorais no Art. 184 - A pesquisa antiplágio é realizada pelo Google
Open chat