Terapia de Casal – Posso salvar meu relacionamento?

casal em crise

Tudo começa com cupidos…

Um exemplo: No inicio era tudo ótimo, mas agora as brigas não param, ou o que pode ser pior,  nem há mais  brigas, o silencio impera quando estão a sós, mas quando em grupo todos estão animados,  sozinhos parece que “acabou o assunto”. Este silêncio pode ser sinal de que há muito conteúdo para ser trabalhado, mas talvez não haja animo nem expectativa de que uma conversa possa ajudar.

Em algumas situações de briga de casal dá para perceber lógica, por exemplo normalmente entendemos quando uma pessoa fique chateada com a outra  quando esqueceu de um compromisso,  chegou alcoolizado em casa, houve uma traição, etc. Mas tem brigas onde, nem mesmo os participantes, entendem “como isso começou?” . Talvez um pense “sei lá, acho que não gostou que eu comentei do caminho que ele fez”,  “acho que ela se irritou quando eu disse que a outra blusa era mais bonita”.  Neste ponto pode haver muita mágoa e insatisfação contaminando a rotina do dia a dia.

Momento certo para fazer terapia de casal

Cada casal terá sua necessidade. Para uns o momento surge quando percebe-se que a comunicação travou, quando um quer conversar o outro revira os olhos,  quando um está tão na defensiva que nega que haja qualquer problema, outros já percebem esta necessidade quando o tom de voz está mais alto até mesmo para tratar de pequenos assuntos, outros percebem a necessidade de terapia de casal quando estão, a cada vez mais, participando de atividades onde o outro não comparece Etc.

O homem resiste mais em fazer terapia de casal?

De forma geral, e não absoluta, os homens podem ter receio de que o terapeuta de casal irá dar palpites ou conselhos, como é possível que isso ele pode tenha tido com seus amigos  e não adiantou nada, é possível que alguns confundam a terapia com apenas “uma conversa”.

Muitas vezes a mulher explica que o terapeuta de casal irá ajudar a identificar onde está o problema e ajudar a tentar descobrir formas de superação dos conflitos.

Algumas vezes a mulher pode ter mais facilidade para introspecção e desejar mostrar ao homem as vantagens em ter um tempo dedicado ao relacionamento, onde não haverá telefones tocando, campainha chamando e crianças gritando, etc.

Terapia de casal “conserta” ou termina de vez o que está ruim?

O objetivo é chegar ao melhor para este casal, independente do desfecho.

A ideia da terapia de casal é compreender qual o melhor caminho para a saúde emocional de ambas as partes e principalmente do relacionamento. Algumas vezes pode haver possibilidade de reconciliação saudável, com novos comprometimentos de cada um, e um renovado estado de animo para manter o relacionamento. Mas, outras vezes um relacionamento resiste apenas baseado numa crença de que os casamentos são indissolúveis, que cada uma das partes deve suportar qualquer comportamento inadequado do outro sem questionar a manutenção da relação, mesmo que  isso aniquile todo o equilíbrio interno de uma ou mesmo das duas partes. Outras vezes uma das partes simplesmente não aceita o termino de algo, que já acabou há muito tempo, talvez por não se permitir algo diferente.

Terapia de casal não é terapia de grupo

A função da terapia de casal é tratar a comunicação entre as partes, identificar o que  contamina este relacionamento, encontrar novas ações e tentar fazer novos contratos. Não seria o lugar para cada um tratar de questões que não envolvem o relacionamento. Uma briga com o chefe poderá ser tratada na terapia de casal se tiver relação com o a questão principal, ou seja o relacionamento.

Será possível que algumas vezes o terapeuta de casal solicite para que as partes compareçam sozinhos. A finalidade poderá ser de facilitar a expressão de seus sentimentos de forma que este conteúdo enriqueça a próxima sessão com a dupla.

Também é possível que quando uma das partes se recuse a comparecer a outra parte faça a terapia individualmente para que consiga recursos a serem aplicados em seu relacionamento ou compreenda a função deste relacionamento em sua vida.

Motivos mais frequentes para procurar terapia de casal

  • Traição sexual ou emocional.
  • Brigas em excesso.
  • Silencio em excesso.
  • Agressões, mesmo que disfarçadas com ironias.
  • Traição da confiança.
  • Sexualidade.
  • Desconfiança de traição.
  • Excesso de ciúmes.
  • Falta de comprometimento de uma das partes.
  • Machismo
  • Incompatibilidades de pensamentos
  • Etc

Como funciona a terapia de casal? De que forma o profissional investiga os problemas do casal? A conversa é a dois ou a três?

Depende do terapeuta. É possível que inicialmente a parte que teve a iniciativa seja atendida 1º. Pode ser que eventualmente uma das partes compareça sozinho. Pode ser que em 100% das consultas com o terapeuta de casal as duas partes estejam sempre juntas.

Terapia de casal não é só conselhos e bate-papo

Certamente antes de procurar ajuda o casal já conversou e ouviu conselhos de amigos. Por isso nos atendimentos os terapeutas utilizam técnicas e recursos que vão além do blá blá blá ou da lavagem de roupa suja.

Terapia de casal com Hipnose e PNL

A Hipnose e a PNL – Programação Neurolinguística são excelentes ferramentas para trabalhar crises, conflitos e modificar comportamentos, pensamentos e crenças. Com a hipnose podemos atuar diretamente no inconsciente e trabalhar aquele comportamento negativo que a pessoa sabe que é ruim mas não consegue modificar. Já a PNL atua diretamente nos mapas mentais e fornece condições para que cada um possa se autocompreender e compreender a outra pessoa sob outros pontos de vistas e reprogramar o que for necessário.

Em meus atendimentos realizados em meu consultório no Estúdio da Mente, além de questionários eu trabalho com exercícios, dinâmicas, filmes e lições de casa.

A terapia com hipnose e PNL é rápida! Eu desenvolvi um programa próprio no qual com apenas três ou quatro sessões já podemos chegar aos resultados desejados.

Na primeira sessão eu converso individualmente com cada um e depois com o casal. Determinamos os objetivos do casal, identificamos possíveis divergências e se o casal pretende manter o relacionamento. São utilizadas técnicas para que possam identificar os principais problemas e conflitos e utilizados exercícios de PNL para compreender o que passa na cabeça e no coração do companheiro. O casal leva dois questionários para preencher em casa e entregar na próxima sessão. É uma sessão na qual vão se conhecer e trabalhar os conflitos em diferentes níveis e pontos de vista.

Na segunda sessão, utilizando os questionários e ferramentas de PNL, identificamos os valores mais importantes para cada um, o que pode ser mudado e como cada um pode se adaptar ao outro. Além do autoconhecimento, o casal vai aprender se comunicar na linguagem do seu parceiro e passar a conhecer como o seu parceiro sente e expressa amor, desejo, tesão etc. Ao término da sessão o casal vai para casa com mais um questionário e uma missão. Esta sessão vai trazer um conhecimento profundo sobre si mesmo e sobre como o outro funciona, se comunica, expressa amor e se sente amado.

A terceira sessão trabalha com ferramentas para reacender a chama do casal e definir os caminhos para que o relacionamento permaneça estável, saudável e duradouro. É um momento de recordações, declarações, reconquista e comprometimento.

Caso algum dos dois sofra de algum problema específico que seja um motivo importante para o desgaste do relacionamento ou desentendimento do casal (ex: ciúmes, insegurança, compulsões etc) esta pessoa pode passar por sessões individuais de terapia com hipnose e PNL para tratar o seu problema.

Que tal conhecer um pouco sobre Hipnose e Hipnoterapia agora? É só clicar aqui!

Gosta de neurociências? Siga o prof. Sergio Enrique no Facebook clicando aqui.

Clique aqui para assistir a um vídeo onde o prof. Sergio Enrique tira dúvidas sobre Hipnose e Hipnoterapia.

 

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

Sobre o Autor

Sergio Enrique mostrando cérebro na hipnose

Prof. Sergio Enrique Faria

Sergio Enrique Faria é diretor do Estúdio da Mente. Psicanalista, Parapsicólogo, Hipnoterapeuta, Coach, Trainer e Master Practitioner Internacional em PNL – Programação Neurolinguística.
Doutorando em Ciências da Educação, Mestre em Comunicação, Pós-graduado em Neurociência Clínica e Educacional. Pós-graduado em Neuropsicologia, Pós-graduado em Neuropsicopedagogia, Pós-graduado em Psicanálise Clínica, Pós-graduado em Didática e Metodologia do Ensino Superior, Pós-graduado em Comércio Exterior e Bacharel em Administração de Empresas, Líder de Aprendizagem certificado pela Harvard University (EUA).
Palestrante, treinador e Professor universitário em cursos de pós-graduação e MBA. Autor e coautor dos livros: “Vendas e Negociação com PNL – como entrar nas mentes de seus clientes”. “Manual completo de PNL – Estratégias de grandes especialistas da Programação Neurolinguística para alcançar a excelência” e “Educação 2008 – As mais importantes tendências na visão dos mais importantes educadores”. 

Siga-me!

Posts Relacionados

Deixe seu comentário

4 comentários em “Terapia de Casal – Posso salvar meu relacionamento?”

  1. boa noite, estou fazendo regressão para tratar da minha depressão,estresse e sindrome do panico e para ajudar minha esposa esta querendo a separação. O hipnólogo pediu para ela tambem fazer o tratamento e segundo ele salvará o nosso casamento

    1. Olá Gerson
      A terapia de casal existe e pode salvar um casamento. Entretanto, para isso é necessário que ambos os lados estejam dispostos a tentar mais uma vez. Uma boa terapia vai justamente trazer a tona os problemas e pontos de vistas de cada um e como superar. Vai também usar técnicas e ferramentas para ajudar cada um neste processo.
      Confie em seu terapeuta e boa sorte!

  2. Italo Aguiar Santana

    Gostei muito do assunto PNL, sobre mudança no comportamento, pensamento e sentimento. Tipo refazer a mente com novos princípios. Novas formas de ver o mundo e o relacionamento.
    Quero fazer um orçamento e saber em calculo simples qual o custo dessas sessões de terapias pra minha esposa e eu.
    Não tenho dinheiro.. ganho 1.500 por mes.. estou em busca do último recurso para salvar a minha família, onde o super errado sou eu. So quero mais uma chance. Não vivo sem ela e meus filhos. Ela sempre diz que me ama, mas quer a todo custo se separar. Me ajuda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Posts Recentes

error: Este conteúdo está protegido por direitos autorais | A cópia ou reprodução deste texto ou parte dele sem a autorização do autor configura CRIME DE VIOLAÇÃO dos Direitos Autorais no Art. 184 - A pesquisa antiplágio é realizada pelo Google
Open chat