É possível morrer de medo? Literalmente?

Mulher com medo

Expressões como “quase morri de susto” ou “estou morrendo de medo” são comuns no nosso vocabulário. Mas você já parou para pensar se essa é uma possibilidade mesmo? Afinal… dá para morrer de medo? Especialistas afirmam que sim, mas há algumas coisas a se ponderar.

De acordo com Dr. Martin Samuels, neurologista e diretor do programa de Neurociência Interdisciplinar do Brigham and Women’s Hospital (EUA), há evidências de que uma pessoa pode morrer de medo sob circunstâncias muito específicas. Sob o ponto de vista do especialista, existem basicamente duas maneiras de morrer de medo.

Se a pessoa tiver problemas cardíacos, hipertensão ou for fumante, as chances de morrer de um choque repentino, de um ataque cardíaco ou de um derrame aumentam. Nesse caso, segundo o especialista, a causa da morte é uma grande onda de adrenalina do cérebro. O coração bate mais rápido, as pupilas se dilatam e o sangue flui para os músculos, tudo em uma tentativa de escapar do perigo.

Um influxo repentino de adrenalina no coração pode causar uma condição perigosa chamada fibrilação ventricular, em que o coração estremece em vez de bater corretamente e o sangue não é bombeado pelo corpo. Isso pode ser fatal por si só, mas é especialmente perigoso quando combinado com outro efeito do aumento do hormônio: a liberação de cálcio no coração, o que faz com que o músculo cardíaco se contraia fortemente, sem conseguir relaxar, levando à inconsciência.

A segunda maneira de morrer de medo envolve uma condição chamada cardiomiopatia de Takotsubo, em que um choque repentino causa insuficiência cardíaca. Sob adrenalina, o coração para de bombear corretamente. A cardiomiopatia de Takotsubo é rara, mas pode atingir qualquer pessoa, e os pesquisadores estudam até hoje para compreender totalmente essa causa de morte. A conclusão é que morrer de medo pode ser raro, mas está longe de ser apenas uma expressão.

Que tal conhecer um pouco sobre Hipnoterapia, PNL e Neurociência agora? É só clicar aqui! ou no link: https://estudiodamente.com.br/

Gosta de neurociências? Siga o prof. Sergio Enrique no Facebook clicando aqui.

Visite o canal do Estúdio da Mente no YouTube.

Fonte: https://canaltech.com.br/saude/e-possivel-morrer-de-medo-literalmente-200462/

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

Sobre o Autor

Sergio Enrique mostrando cérebro na hipnose

Prof. Sergio Enrique Faria

Sergio Enrique Faria é diretor do Estúdio da Mente. Psicanalista, Parapsicólogo, Hipnoterapeuta, Coach, Trainer e Master Practitioner Internacional em PNL – Programação Neurolinguística.
Doutorando em Ciências da Educação, Mestre em Comunicação, Pós-graduado em Neurociência Clínica e Educacional. Pós-graduado em Neuropsicologia, Pós-graduado em Neuropsicopedagogia, Pós-graduado em Psicanálise Clínica, Pós-graduado em Didática e Metodologia do Ensino Superior, Pós-graduado em Comércio Exterior e Bacharel em Administração de Empresas, Líder de Aprendizagem certificado pela Harvard University (EUA).
Palestrante, treinador e Professor universitário em cursos de pós-graduação e MBA. Autor e coautor dos livros: “Vendas e Negociação com PNL – como entrar nas mentes de seus clientes”. “Manual completo de PNL – Estratégias de grandes especialistas da Programação Neurolinguística para alcançar a excelência” e “Educação 2008 – As mais importantes tendências na visão dos mais importantes educadores”. 

Siga-me!

Posts Relacionados

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Posts Recentes

error: Este conteúdo está protegido por direitos autorais | A cópia ou reprodução deste texto ou parte dele sem a autorização do autor configura CRIME DE VIOLAÇÃO dos Direitos Autorais no Art. 184 - A pesquisa antiplágio é realizada pelo Google
Open chat