7 habilidades que deixam humanos à frente das máquinas

Mulher e robô

O processo de evolução das profissões tem como pano de fundo a tecnologia, que traz novos ofícios e muda os já existentes. Porém o futuro do trabalho depende de um grande diferencial: a humanidade. Quanto mais a tecnologia se desenvolver, mais haverá necessidade de profissionais com habilidades que vão muito além da capacitação técnica.

Pensamento crítico

Capacidade de analisar um problema de forma distante e racional. Isso só é possível quando se deixa de lado as crenças e o seu modo de pensar. É muito útil para distinguir a informação que é confiável e fundamental em um mundo onde a informação é tão abundante.

Inteligência emocional

Uma das habilidades mais requisitadas do futuro. Diante de um mundo onde tudo muda cada vez mais rapidamente, e crises econômicas e de valores assolam a sociedade, um profissional capaz de se manter emocionalmente forte, constante e focado é, sem dúvidas, o que as empresas mais desejam.

Aprender a aprender

Base da educação no século 21, aprender de maneira autônoma, saber não só o que, mas também como estudar, é uma característica importante. Para isso, é preciso ter disciplina, foco e precisão.

Multidisciplinaridade

Ter uma especialidade é importante, porém é mais significativo ser um profissional multidisciplinar, que seja capaz de atender às demandas da empresa de maneira criativa, envolvendo diversas visões disciplinares.

Comunicação

Muitas das habilidades levantadas estão ligadas à interpessoalidade, ou seja, inteligência social para estabelecer relações de colaboração. Por isso, a capacidade de se comunicar bem, tanto oralmente quanto na escrita, é essencial.

Empatia

É a capacidade de compreender e de se colocar no lugar do outro. À primeira vista pode parecer fácil, mas, considerando que temos o comportamento natural de julgar tudo a nossa volta, esse sentimento pode nos levar a criar estereótipos e preconceitos, nos impedindo de criar relações de qualidade e tornando o exercício da empatia um desafio árduo.

Criatividade

Pessoas criativas conseguem visualizar formas de pensar e agir que sejam mais ricas em detalhes, visionárias e interessantes. Quando aplicada ao ambiente de trabalho, é uma verdadeira força que pode ser usada para gerar inovação e resolver problemas.

Que tal conhecer um pouco sobre Hipnose e Hipnoterapia agora? É só clicar aqui!

Gosta de neurociências? Siga o prof. Sergio Enrique no Facebook clicando aqui.

Clique aqui para assistir a um vídeo onde o prof. Sergio Enrique tira dúvidas sobre Hipnose e Hipnoterapia.

Fonte: https://www.bol.uol.com.br/listas/mercado-de-trabalho-imaginacao-colocara-humanos-a-frente-das-maquinas.htm

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

Sobre o Autor

Sergio Enrique mostrando cérebro na hipnose

Prof. Sergio Enrique Faria

Sergio Enrique Faria é diretor do Estúdio da Mente. Psicanalista, Parapsicólogo, Hipnoterapeuta, Coach, Trainer e Master Practitioner Internacional em PNL – Programação Neurolinguística.
Doutorando em Ciências da Educação, Mestre em Comunicação, Pós-graduado em Neurociência Clínica e Educacional. Pós-graduado em Neuropsicologia, Pós-graduado em Neuropsicopedagogia, Pós-graduado em Psicanálise Clínica, Pós-graduado em Didática e Metodologia do Ensino Superior, Pós-graduado em Comércio Exterior e Bacharel em Administração de Empresas, Líder de Aprendizagem certificado pela Harvard University (EUA).
Palestrante, treinador e Professor universitário em cursos de pós-graduação e MBA. Autor e coautor dos livros: “Vendas e Negociação com PNL – como entrar nas mentes de seus clientes”. “Manual completo de PNL – Estratégias de grandes especialistas da Programação Neurolinguística para alcançar a excelência” e “Educação 2008 – As mais importantes tendências na visão dos mais importantes educadores”. 

Siga-me!

Posts Relacionados

Deixe seu comentário

1 comentário em “7 habilidades que deixam humanos à frente das máquinas”

  1. Kátia Rumbelsperger

    Olá! Acredito que a empatia , os toque, o amor jamais deixaram de existir, pela falência humana os robô substituiram os humanos, infelizmente. Tem uma enfermeira que trabakh com os robôs para levantar a autoestima e motivação no hospital de oncologia. Não lembro o nome do hospital. Abraços 🤗

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Posts Recentes

error: Este conteúdo está protegido por direitos autorais | A cópia ou reprodução deste texto ou parte dele sem a autorização do autor configura CRIME DE VIOLAÇÃO dos Direitos Autorais no Art. 184 - A pesquisa antiplágio é realizada pelo Google
Open chat